<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d8680301\x26blogName\x3dcuidado+de+si\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://curadise.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://curadise.blogspot.com/\x26vt\x3d6413740273964997763', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

[33] De degrau em degrau

A mim acontece-me, um anseio de partir, nas manhãs solarengas e frescas. Mas depois... a hesitação. Com os anos fui aprendendo: enquanto hesito... arranco e vou! Acting out, dirão alguns. Eu digo, simplesmente, seguir a primeira intuição. Ou a segunda, quem sabe...

Assim como as flores murcham e a juventude cede à velhice,
Também os degraus da vida,
A sabedoria e a virtude, a seu tempo,
Florescem e não duram eternamente.


A cada apelo da Vida deve o coração estar pronto,
A despedir-se e a começar de novo
Para, com coragem e sem lágrimas,
Se dar a outras novas ligações!

Em todo o começo reside um encanto
Que nos protege e ajuda a viver.
Serenos, transponhamos espaço após espaço,
Não nos prendendo a nenhum como a um lar;
Ser-nos corrente ou parada
Não quer o espírito do Mundo,
Mas de degrau em degrau elevar-nos e aumentar-nos.

Mal nos habituamos a um círculo de vida,
Íntimos, ameaça-nos o torpor;
Só aquele que está pronto a partir e parte
Se furtará à paralisia dos hábitos.

Talvez também a hora da morte
Nos lance, jovens, para novos espaços.
O apelo da Vida nunca tem fim...

Vamos, coração, despede-te e cura-te.

(H. Hesse)
« Home | Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »

» Enviar um comentário


Site Meter Listed on Blogwise Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons License.