<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d8680301\x26blogName\x3dcuidado+de+si\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://curadise.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://curadise.blogspot.com/\x26vt\x3d6413740273964997763', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

[27] NA ESCRIVANINHA


Por que é que os futebolistas, habitualmente, colocam as mãos em forma de concha em redor das partes pudendas na marcação de um livre? Qual o significado do aperto de mão? Por que é que Saddam Hussein saudava as multidões de mão aberto para cima e Hitler de mão aberta para baixo? Para onde olham as mulheres quando encontram um homem e o homem quando encontra uma mulher? Como posso ter a certeza de o meu interlocutor diz a verdade e não mente? Como é que sei se uma mulher/homem está interessado em mim, ou não?

Barbara Pease & Allan Pease (2004). The Definitive Book of Body Language. Londres. Orion.

Autores de sucesso - com títulos do género «Por que é que os homens não escutam e as mulheres não sabem ler mapas», ou «Por que é que os homens mentem e as mulheres choram», ou ainda, «Por que é que os homens só conseguem fazer uma coisa de cada vez e as mulheres nunca param de falar» -, Pease & Pease ampliaram o original Body Language (de 1997) do segundo Pease e apresentam este calhamaço de 386 páginas (em papel Sarvol e capa com UV localizado).
O corpo diz. O corpo comunica. O corpo tem razões que a razão desconhece. Mas o que diz o corpo quando fala e o que exprime quando assume determinada postura? O que dizem as mãos e os olhos, as pernas e o sorriso, a orientação do corpo e os gestos mais simples?

Não se trata de um tratado de semiótica corporal de tipo determinista: várias interpretações são possíveis e variam de cultura para cultura. Contudo, há padrões que permitem codificar um verdadeiro alfabeto corporal. É o objectivo dos dois autores. Começam pelas mãos, passam para o riso e o sorriso, interpretam os sinais dados pelos braços, analisam as diferenças culturais na expressão corporal, passam pelas pernas, pelos gestos que incluem as mãos e o rosto e, por aí adiante, não descurando a semiótica do fumar, do sentar-se, da proximidade e da distância entre interlocutores...

Longe da panaceia que os livros deste género costumam querer apresentar, The Definitive Book of Body Language é um livro estimulante e actual - com variados exemplos do mundo de hoje (a comunicação gestual de gente tão conhecida como Bill Clinton, Tony Blair, François Miterrand, George Bush, Yasser Arafat, Lady Di, David Beckham, Barbara Streisand, etc) -, que informa e diverte, dando ao leitor a possibilidade de interpretar o significado de determinados gestos e, assim, inferir os pensamentos e as emoções do seu interlocutor.
« Home | Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »

» Enviar um comentário


Site Meter Listed on Blogwise Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons License.