<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d8680301\x26blogName\x3dcuidado+de+si\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://curadise.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://curadise.blogspot.com/\x26vt\x3d6413740273964997763', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

[241] Eugénio de Andrade em Itália

À atenção das entidades competentes ou interessadas

Em Itália, Eugénio de Andrade já foi publicado há alguns anos, mas como relata a seguinte notícia, que apresento traduzida mais abaixo, actualmente, as suas obras ou estão esgotadas ou fora de circulação (uma delas inclusive não tem ISBN!!). É interessante o pedido que encerra a notícia: «Algum editor mais sólido estará interessado em remediar a situação "a posteriori"?».
E em Portugal, alguém poderá fazer alguma coisa? Por exemplo, a Fundação Eugénio de Andrade ou o Instituto Camões?



Eugénio de Andrade, poeta esquecido pela Itália
Fechou os olhos aos 82 anos, na casa sobre o mar do seu amado Porto - que também se tornou sede da Fundação com o seu nome -, o poeta Eugénio de Andrade, o autor português mais traduzido e conhecido no mundo depois de Pessoa. As agências internacionais deram a notícia do facto no dia 13 de Junho e o acontecimento foi noticiado por alguns diários italianos no dia seguinte. Nalguns casos, para dizer a verdade, apenas poucas linhas; mas sobretudo nenhuma referência especial a um facto significativo: em Itália é praticamente impossível encontrar um livro seu traduzido. O único título ainda em comércio é "Vigilia dell'acqua" que C.V. Cattaneo organizou, editado pela Associazione Edizioni Empiria de Roma em 1990, volume muito difícil de encontrar até porque não tem ISBN. Outros títulos publicados nestes últimos anos, tais como "Ufficio di pazienza" (1997) e "Il sale della lingua" (1998) ambos das Edizioni del Bradipo e "Memoria d'un altro fiume" Messapo di Siena (1983) não se consegue encontrá-los porque os editores, entretanto, cessaram actividade, enquanto "Ostinato rigore: antologia poetica" (Abete, 1975) está esgotado. Algum editor mais sólido estará interessado em remediar a situação "a posteriori"? (Fonte: Alice News)

« Home | Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »

» Enviar um comentário


Site Meter Listed on Blogwise Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons License.